O NIEPHE (Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas em História da Educação) tem a alegria de compartilhar o livro "De madeiras e artes de fazer flechas: apontamentos teórico-metodológicos em História da Educação". O livro está disponível como e-book no site do NIEPHE:  http://www.usp.br/niephe/publicacoes/index.asp

Por favor, ajudem a compartilhar!

O Núcleo é um grupo de estudos e pesquisas da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo que reúne pesquisadores que se dedicam a investigações no campo da história da educação – professoras da Faculdade, pós-doutorandos(as), doutorandos(as), mestrandos(as) e alunos(as) de iniciação científica - coordenado pelas professoras Diana G. Vidal e Maurilane S. Biccas. Em 2016, o NIEPHE comemorou 20 anos. Esta obra constitui o primeiro esforço protagonizado por integrantes do grupo que não são docentes da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Optou-se por uma organização a partir das trajetórias metodológicas e das fontes históricas mobilizadas por mestres(as) e doutores(as) quando eram mestrandos(as) e doutorandos(as) do grupo. Assim, mais do que divulgar os resultados das pesquisas individuais, desenvolvidas nos últimos anos no âmbito do NIEPHE, o objetivo é colocar em evidência uma operação historiográfica. Ou seja, de um lado, intentamos mostrar ao público os desafios teórico-metodológicos que enfrentamos durante a construção das nossas pesquisas com diferentes tipos de fontes e problemas; de outro, colocamos em realce um lugar de produção, o NIEPHE. O título do livro remete a uma frase recorrente na historiografia e mobilizada por Dominique Julia[1], ao refletir sobre as fontes que possibilitam acessar a história das culturas escolares. Segundo ele, "o historiador sabe fazer flechas com qualquer madeira". Ele destaca as diferentes “madeiras” – as fontes, matérias primas do historiador(a) – e a criatividade e perspicácia investigativas como elementos importantes nas artes do fazer historiográfico. Na mesma perspectiva, cada capítulo destaca aspectos relacionados com a operação historiográfica: os diferentes tipos de fontes mobilizadas em pesquisas em História da Educação, a construção do objeto de pesquisa, os desafios teórico-metodológicos com os quais se depararam durante as investigações e os caminhos escolhidos. Se o livro marca o fechamento de um ciclo de 20 anos de atividades, ele também inaugura uma nova fase. O objetivo é torná-lo o primeiro volume da Coleção Educação & História que passaremos a editar. Os livros em formato de e-book estarão disponíveis para download gratuito na Plataforma do NIEPHE: www.usp.br/niephe. É uma grande alegria compartilhar com tod@s este pequeno resultado de uma longa e frutífera trajetória de trabalho coletivo.