Comunicações, revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Metodista de Piracicaba, organiza o dossiê "Pensando a Educação 500 anos após Wittenberg".

Há 500 anos, o monge alemão Martinho Lutero (1483-1546) colocou em curso um processo de reformulação religiosa que grandemente contribuiu para a reorganização política, social e cultural na Europa e que logo se alastrou para o Novo Mundo. Com a objeção à prática das indulgências afixada na porta da igreja do castelo de Wittenberg em 1517, o pensamento reformado se alastrou por outras esferas da vida social, tais como literatura, música, educação, economia, direito e a ciência. Reconhecendo a Reforma Protestante como um excepcional objeto de estudo, este dossiê pretende problematizar e refletir a respeito da relevância, das repercussões e das influências que o pensamento reformado legou para o campo da educação ocidental e, em particular, para a brasileira.

Organizado pelos professores Cesar Romero Amaral Vieira e Thiago Borges de Aguiar, este dossiê está aberto para professores e pesquisadores que queiram submeter seus artigos para a Comunicações. Para ser aceito no dossiê, o texto deve ser enviado dentro das normas da revista, até o dia 31 de maio de 2017. Pelo menos um dos autores do artigo deve ter titulação mínima de doutor. Logo no início da submissão, o autor deve indicar a seção “Dossiê Pensando a educação 500 anos após Wittenberg” e justificar em breves linhas, na carta ao editor, a inserção da temática do manuscrito na ementa do dossiê.

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/comunicacoes... (notícia da chamada)
https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/comunicacoes... (diretrizes para os autores)