Divulgação entre os sócios da SBHE do livro: Internar para educar. Colégios-internatos no Brasil (1840-1950), que será lançado no IX CBHE .

O autor lança luzes sobre os princípios do internato; acerca do olhar da Medicina sobre esse tipo de instituição; os anúncios que os internatos publicavam na imprensa; e, dedica um capítulo especial aos internatos que funcionaram em Sergipe durante a primeira metade do século XX. Nas duas centúrias analisadas pelo pesquisador, os internatos cumpriram papel essencial no processo de formação da elite brasileira do sexo masculino e na escolarização das mulheres filhas das famílias mais abastadas. Ao estudar o século XIX, este livro dá relevância aos colégios-internatos sediados na capital do Império – a cidade do Rio de Janeiro. No século XX entram em cena os internatos estabelecidos no Estado de Sergipe.

Anexo: capa do livro

Imagens: